Água: importante recurso para agricultura

Água: importante recurso para agricultura

A água é fundamental na agricultura e na pecuária, sendo que a agricultura é o setor que mais utiliza água no mundo (entre 70% e 80%).

Com uma dependência tão grande, devemos aprender a manter a qualidade da água na agricultura, afinal ela influencia diretamente na saúde humana.

Análise da qualidade de água na agricultura

Até pouco tempo atrás, os problemas de má qualidade da água eram mais relacionados com a salinidade e elementos como ferro, manganês e outros sólidos tinham pouca relevância.


Com a microaspersão e o gotejamento, os problemas passaram a ser relacionados com os íons de ferro, manganês e outros sólidos solúveis, pois eles podem entupir a tubulação. Esse entupimento pode reduzir a área de condução da água, aumentando a perda de carga e pressão do sistema, além de reduzir a vazão dos emissores, podendo impossibilitar o sistema de irrigação.

Entretanto, quando é feito a análise da qualidade de água na agricultura deve-se observar os sais na água, sódio, boro, nitrogênio, ferro e manganês:

  • Condutividade elétrica é maior que 0,75 ds/m há o risco de salinidade;
  • A sodicidade, ou alta concentração de sódio, pode levar à formação de crostas, baixa condutividade hidráulica, elevação do pH, falta de oxigênio para respiração radicular e aumento de doenças e plantas daninhas;
  • Boro em excesso pode causar toxidez às plantas;
  • O nitrogênio pode provocar o crescimento exagerado de algas, causando problemas no sistema de irrigação;
  • Presença de ferro e manganês solúveis levam à formação de placas e entupimento dos sistemas.

Qualidade física da água

Quando uma água possui baixa qualidade física, ela está contaminada por matéria orgânica de suspensão e/ou argila, o que pode desfavorecer as pulverizações e comprometer a eficiência agronômica dos defensivos agrícolas.

Esse problema também reduz o rendimento operacional devido às pausas para limpeza do sistema filtrante dos pulverizadores e redução da vida útil dos componentes dos equipamentos de pulverização.

Para manter a qualidade de água na agricultura, a melhor solução é escolher uma água isenta de materiais de suspensão ou filtrar a água antes de utilizá-la nas pulverizações.

Pois esse cuidado pode reduzir o rendimento operacional no abastecimento do tanque do pulverizador.

Qualidade química da água

Um dos principais parâmetros para avaliar a qualidade de água na agricultura quimicamente é a análise da dureza, sendo estabelecida pela concentração de cátions alcalino-terrosos [cálcio (Ca+2), magnésio (Mg+2), estrôncio (Sr+2) e bário (Ba+2)] na água, expressa na forma de ppm (partes por milhões) de CaCO3. Normalmente, a dureza das águas é representada pelos íons Ca+2 e Mg+2 originados dos carbonatos, bicarbonatos, cloretos e sulfatos.

A dureza da água tem grande influência sobre a eficiência dos defensivos agrícolas e, em especial, o glifosato.

Para aliviar os efeitos negativos destes cátions na eficiência agronômica dos glifosatos, é necessária a utilização de adjuvantes com capacidade sequestrante destes elementos químicos.

Práticas sustentáveis

A falta de água ou a má qualidade da água na agricultura pode destruir lavouras e até mesmo ecossistemas inteiros.

Dessa forma, com o aumento progressivo da população, é necessário racionalizar a água e evitar o seu desperdício em todos os setores.
Assim, entende-se que é preciso adotar práticas mais sustentáveis de uso da água para poder encarar o a alta demanda:

Agricultura Familiar: sistemas de cisternas para captação da água da chuva para reaproveitamento nas plantações;
• Agricultura Convencional: sistemas de irrigação de otimizam a distribuição de água sem desperdício.

O valor da preservação dos córregos e nascentes

Todos os setores do mercado e a população devem banir as práticas que poluem os rios, suas nascentes e fontes. 

Afinal, o recurso é a base que dá o sustento da vida de todos os seres vivos. 
Nas grandes cidades, os córregos costumam ser tratados como depósito e transporte de lixo e esgoto, ao passo que muitas indústrias desembocam resíduos tóxicos e poluentes na água de maneira irregular e frequente.

Na agricultura, o desmatamento para aumentar a produção contribui com a perda da cobertura e fertilidade do solo, além de causar erosão na beira dos rios. 
Além disso, os agrotóxicos utilizados em excesso e sem controle nas culturas contaminam a água superficial e a subterrânea, tornando-as perigosas para o consumo humano. 
Atualmente, já existem empresas que oferecem soluções em biotecnologia para reduzir a utilização de insumos químicos e aumentar a produtividade de forma mais saudável e segura. Conheça mais sobre essa inovadora linha de biofertilizantes.

Considerado um país privilegiado por possuir a maior reserva de água doce do mundo, o Brasil tem grande responsabilidade no trabalho de conscientização para a proteção das reservas naturais, servindo, assim, de exemplo para toda a humanidade.


Uma resposta para “Água: importante recurso para agricultura”

Os comentários estão desativados.