Queijo de ovelha: tipos e benefícios

Queijo de Ovelha

O mercado da agropecuária, assim como os demais da agroindústria, tiveram nos últimos anos um aumento importante na variedade de produtos e na forma de atuação no mercado.

Essa diversificação tenta atender as demandas do público, que busca cada vez mais por produtos mais saudáveis e ecofriendly. Mas além disso, produtores rurais de pequeno e médio porte também procuram alternativas de lucrar com seus negócios.

Desse modo, o queijo de ovelha é um destes produtos que vem ganhando cada vez mais adeptos. Isso porque o fato de ter menores índices de lactose, está dentre os principais benefícios do queijo, facilitando a digestão daqueles que possuem intolerância.

Ademais, o leite de ovelha possui nutrientes muito mais ricos e saudáveis se comparado ao leite de vaca, aumentando a imunidade do corpo e prevenindo contra diversas doenças. 

Sendo assim, vamos acompanhar ao longo dos próximos tópicos tudo sobre os principais benefícios do queijo de ovelha para a alimentação.

Benefícios do Queijo de Ovelha

Conforme foi mencionado, o grande valor nutricional é um dos principais motivos para que o queijo de ovelha seja mais procurado nos supermercados. 

Ele oferece para o corpo mais energia para o corpo e gorduras magras, o queijo é ideal para a alimentação antes de atividades físicas.  Além disso, conforme o tipo de queijo de ovelha, que varia de acordo com a raça do animal e o tipo de pastagem, o produto harmoniza perfeitamente com vinhos e cervejas.

Outro benefício importante que o queijo ovino traz é o aumento da imunidade do corpo, graças a combinação de minerais, nutrientes e aminoácidos. 

Desse modo, o consumo constante, mas moderado de queijo de ovelha ajuda o corpo na criação de imunizantes naturais, pois atua como antioxidante e evita também o aparecimento de doenças crônicas.

Ademais, há uma grande variedade de benefícios que o produto pode oferecer conforme a qualidade e o tipo.

Leite natural e com baixo índice de lactose

O leite e seus derivados são ingredientes super versáteis, o que faz com que estejam em diversas receitas de pratos e lanches. 

No entanto, como aproximadamente 40% da população brasileira tem algum nível de intolerância à lactose, o alto índice deste nutriente no leite de vaca faz com que o organismo crie alergia ao alimento, por ser de difícil digestão.

Desta forma, um dos benefícios mais atrativos do queijo de ovelha é o baixo índice de lactose, que torna o consumo do queijo e outros derivados do leite mais saudável e com digestão mais apropriada.

Vale ressaltar, no entanto, que todos os leites de mamíferos têm um determinado nível de lactose. Entretanto, a diferença está no fato de que o leite de ovelha possui teores de gorduras e proteínas maiores, o que muda a proporção da lactose entre os componentes.

Rico em minerais

Para além do sabor e diferentes combinações gastronômicas, o queijo de ovelha também oferece maior valor nutricional. Entre as principais minerais encontradas no leite estão o cobre, fósforo, potássio, manganês, sódio e zinco.

O manganês, por exemplo, é um dos minerais mais completos e que melhor estimulam o bom funcionamento do corpo. Assim como o fortalecimentos dos ossos e o controle dos níveis de açúcar no sangue, o manganês é responsável pelo aceleramento do metabolismo.

Sendo assim, apenas esse mineral é capaz de auxiliar no emagrecimento, fortalecimento do corpo e controle do diabetes.


Aumento da imunidade

A prevenção contra novas doenças no corpo humano deve ser uma preocupação constante. Portanto, cuidar do sistema imunológico, é uma das formas de cuidar da “proteção do corpo” contra agentes externos.

Desse modo, escolher alimentos que fazem o organismo ter um bom funcionamento é uma das formas de aumentar a imunidade. O queijo de ovelha, portanto, tem propriedades ricas em imunizantes, como é o caso do zinco.

O zinco, além da combinação dos outros minerais citados no item acima, atuam no corpo como antioxidante, evitando assim o surgimento de doenças crônicas.

Além de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, colesterol e afins, a imunização também previne o corpo de contágio de vírus e bactérias, os quais são portadores de doenças como a gripe, tuberculose, febre amarela, entre outros.

Tipos de queijo de ovelha

Pois bem, sabendo de todas as propriedades e benefícios que o queijo de ovelha traz para a saúde humana, é interessante acompanhar também os diferentes tipos do produto.

Cada raça de ovelha é propícia para a produção de diferentes tipos de queijos. O Queijo Idiazábal, por exemplo, tem origem principalemente no país basco, na Espanha e é produzido com leite de ovelha das raças Latxa e Carrazana.

Além da raça, o sabor e o aroma do queijo de ovelha variam de acordo com o tempo de maturação, que pode levar até dez meses, como é o caso do Pecorino Romano. No mais, confira a seguir todos os principais tipos de queijo produzidos com leite de ovelha:

  • Queijo Pecorino;
  • Pecorino Romano;
  • Queijo Nabulsi;
  • Queijo Roquefort;
  • Pecorino Sardo;
  • Queijo Idiazábal;
  • Queijo Ovelha das Vertentes;
  • Pecorino Toscano;
  • Queijo Manchego;
  • Queijo Labneh;
  • Serra da Estrela;
  • Queijo Etchekoa;
  • Queijo Graviera;


Uma resposta para “Queijo de ovelha: tipos e benefícios”

Os comentários estão desativados.