Café Arábica e Café Conilon, qual a principal diferença

Café arábica e Café Conilon suas principais diferenças

O café é uma bebida que faz parte do dia a dia dos brasileiros. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café, somente em 2018, o consumo per capita (razão entre a produção e o número de habitantes do país) por aqui foi de 6 quilos por pessoa.

Esses dados colocam o Brasil como o segundo maior consumidor no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Entre os principais tipos produzidos aqui, destacam-se o café arábica e o café conilon.

Cada um deles possui características marcantes desde o cultivo até o paladar e o aroma.

Mas você sabe dizer quais são as principais diferenças entre eles? Este artigo apresentará cada um desses grãos, suas qualidades e como aproveitar melhor o seu sabor.

Origem do Café Robusta (Coffea canephora)

As duas espécies têm origem no continente africano e dominam o cenário mundial. Entretanto, o café arábica é proveniente da Etiópia, e corresponde a dois terços de toda a produção global do grão. Já o café conilon (ou robusta, como também é conhecido), vem do Congo e da Guiné, e representa o restante cultivado no planeta.

Origem do Café Arábica (Coffea arabica)

Atualmente, o plantio de café arábica está concentrado especialmente na América do Sul e Central. No Brasil, o destaque fica para Minas Gerais, já que 100% de sua produção é desse tipo de grão.

Em relação ao conilon, a maior parte de cultivo está na Ásia, África e América do Sul. Por aqui, ele é encontrado em maior escala nos estados de Espírito Santo, Rondônia, Bahia e Rio de Janeiro.

Características de cada café

Em relação às características de cada espécie, a planta do café arábica possui folhas mais lisas se comparadas às do conilon. Da mesma forma, o cultivo do primeiro tipo requer mais atenção por ser menos resistente.

Já o conilon apresenta resultados mais satisfatórios em relação à produtividade por área agricultada.

Outra diferença marcante entre eles é o formato do grão maduro. Nessa fase, o café arábica apresenta semente com um formato maior e mais alongado do que o conilon. Já esta espécie possui grãos menores e mais arredondados, bastante característicos dessa variedade.

Principais Diferenças entre Café Arábica e Conilon

O Conilon tem 23 cromossomos e o Arábica tem 44 cromossomos. O conilon tem as folhas maiores, mais enrugada, e o Arábica tem as folhas mais lisas e são folhas menores.


Diferenças na lavoura

O conilon tem uma característica de multicaule saindo de uma mesma planta. A Arábica tem a característica de unicaule. Sendo apenas um caule saindo da planta.

Relacionado a produtividade na lavoura o conilon produz muito mais do que Arábica, além de ser mais resistente.

Quando ao manejo o café conilon é mais resistente do que o arábica. O arábica requer mais cuidados do agricultor.

Quantos ao grãos, o conilon tem grãos menores, a polpa dele é menos espessa do que a do café Arábica.

O Café Conilon tem preferencia por altitudes até 800 metros, enquanto ao Arábica se dá melhor em altitudes mais altas, sabendo que altitude influencia no sabor e aroma.

Hoje as lavouras são pensadas em mecanização, a escolha do melhor cultivar que permite a mecanização, pés de cafés grandes dificultam o manejo.

Embora alguns produtores estão apostando na diversificação e certificação da lavoura. Café sombreado, café com madeira e o café orgânico.

Sabor, aroma e composição

As duas espécies possuem sabor e aroma bastante distintos. O café arábica tem características mais marcantes em relação ao aroma. No paladar, costuma ser mais ácido ou seco e suave. Já o conilon conta com um amargor mais presente e marcante quando bebido.

Resumindo o Arábica é mais completo, tem muito mais aroma, doçura e acidez. Enquanto o conilon tem um paladar mais neutro, é mais amargo porque tem mais cafeína.

Isso é explicado principalmente pela presença de cafeína em cada uma das espécies. Enquanto o arábica tem uma concentração de apenas 1,2% da substância, o conilon e as outras variedades de robusta possuem aproximadamente 2,2%. Tais características geram diferenças não somente no sabor e no aroma, mas também nos estímulos causados no organismo.

Infográfico das principais diferenças

Infográfico principais diferenças café arábica e café conilon

Ainda que seja possível encontrá-los nas prateleiras e nas cafeterias em todo o Brasil, cada uma das espécies possui uma presença diferente no mercado.

O grão arábica é mais utilizado para a produção dos tipos gourmet e de cápsulas. Para os tipos comuns encontrados nos supermercados em almofadas ou embalados a vácuo, a indústria faz uso maior do conilon, que possui um custo menor.